17/12/2012

Resenha: Fazendo meu filme 1-A estreia de Fani


Meninas vcs devem estar estranhando pq fazia mt tempo que eu não postava resenhas, mas eu tenho boas desculpas, o problema é q não estou recebendo exemplares e claro comprei uns livros pra resenhar mas eles so vao chegar depois do Natal, enquanto isso eu trouxe uma resenha pra vcs com créditos para o blog Livros e Bolinhos. Se usar credite!

Fazendo Meu Filme #1 – A Estreia de Fani
de Paula Pimenta,
editora Gutenberg.

O primeiro livro da série de Paula Pimenta conta a história de Fani, uma menina de 16 anos bastante tímida, amante de cinema e ligeiramente apaixonada por seu professor de biologia.
Próximo ao final do ano, sua mãe sugere que se inscreva para fazer intercâmbio e Fani logo opta pela Inglaterra. Seus dias passam a ser preenchidos pela expectativa da possível viagem, pela chegada das provas finais e pelos suspiros apaixonados pelo professor. Mas Fani ainda está dividida.
Apenas depois de uma enorme decepção é que Fani começa a ficar REALMENTE empolgada com a perspectiva de passar um ano fora do país. O problema é que isso acontece ao mesmo tempo em que suas melhores amigas, Gabi e Natália, insistem que seu melhor amigo, Leo, está apaixonado por ela… E talvez ela por ele! Será? É o que as meninas acham, apesar de Fani discordar.
E a história se desenrola através destes fatos. Estefânia [o verdadeiro nome da protagonista] é aquela menina que tenta ser a filha perfeita, que adora ficar em casa assistindo a bons filmes [especialmente românticos] e tem uma tendência a se desesperar facilmente com as situações.
Preciso dizer que MUITAS vezes fiquei com vontade de sacudir a menina até ela “acordar”, especialmente porque ela é aquela protagonista que não consegue acreditar que certas coisas estão acontecendo de verdade. Mas mesmo tendo ficado irritada com isso de vez em quando, o jeito de Fani é bastante condizente com o de algumas adolescentes.
Acho que se tivesse lido o livro há uns sete anos – tenho 22, façam as contas! hahaha – teria ficado loucamente apaixonada e iria querer ser a própria Fani – o que não quer dizer que eu não tenha gostado. A história é leve, fofa, romântica e divertida. Além disso, Paula Pimenta escreve de uma maneira boa de ler, justificando as partes mais “lentas” pelo próprio jeito da personagem.
AH! Vale MUITO a pena citar o cuidado com a parte gráfica, a lista de filmes da Fani e um trechinho de  filme no início de cada capítulo. Tudo isso colabora para reforçar a paixão da personagem e o título da série. ;)
A autora tem talento, isso é inegável! Porém, neste primeiro livro, ainda não reconheci uma identidade, apenas uma sombra do estilo da Meg Cabot – de quem Paula é fã. Espero que na continuação consiga identificar um jeitinho mais próprio, e não por isso menos encantador.
Não fiquei surtada para ler a continuação porque o final do livro é meio que o encerramento de uma história, de uma fase, mas quero muito ler o segundo para viver uma nova aventura com a protagonista, agora “Na terra da rainha“. E o melhor é saber que os próximos acontecimentos da vida de Fani já estão publicados e prontos para serem lidos, bem aqui na minha fila de leitura. ;)


2 comentários:

  1. Eu já tinha ouvido falar nesse livro, e ele me parece bem interessante >.< Só que eu meio que prefiro os mais engraçados, como o Querido Diário Otário, UASUAHS' Quando acabar minha coleção, acho que vou comprar esse :3 Beijoos, :*

    whatever-it-takes-s2.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb gosto dessa coleção e já li alguns, sou bem ecletica e aki vale d tudo bjs!

      Excluir